...

Vamos falar das principais doenças renais crônicas e como evitá-las?

As principais doenças renais crônicas são a doença renal crônica (DRC) e a insuficiência renal. A DRC é caracterizada pelo dano gradual e progressivo dos rins, que pode levar à insuficiência renal ao longo do tempo.

5 minutos de tempo de leitura

As doenças renais crônicas são condições que afetam os rins e podem levar a sua insuficiência ou falência. Os rins são órgãos cruciais para o funcionamento do corpo humano, pois são responsáveis por filtrar o sangue, removendo resíduos e substâncias tóxicas, e controlar os níveis de líquidos e sais no organismo. Quando os rins estão danificados, eles podem deixar de cumprir essas funções de forma adequada, o que pode levar a sérios problemas de saúde.

 

As principais doenças renais crônicas são a doença renal crônica (DRC) e a insuficiência renal. 

A DRC é caracterizada pelo dano gradual e progressivo dos rins, que pode levar à insuficiência renal ao longo do tempo. A insuficiência renal é um estágio avançado da DRC, no qual os rins já não conseguem mais cumprir suas funções de forma adequada e é necessário o uso de tratamentos como a diálise ou o transplante renal.

 

Para evitar doenças renais crônicas, é importante seguir algumas medidas preventivas, como:

 

1. Manter uma alimentação saudável e equilibrada, evitando alimentos processados e com alto teor de sódio, gorduras e açúcar.

 

2. Controlar a pressão arterial e a glicemia, pois ambas podem afetar os rins.

 

3. Praticar atividade física regularmente, pois isso ajuda a manter o peso e a pressão arterial sob controle.

4. Evitar o uso excessivo de medicamentos, principalmente os que podem afetar os rins, como os anti-inflamatórios não-hormonais e os diuréticos.

 

5. Realizar exames de rotina, como o exame de creatinina no sangue e a análise de urina, para monitorar a função renal.

 

6. Tratar doenças pré-existentes, como diabetes e hipertensão, de forma adequada, para evitar complicações renais.

 

7. Evitar fumar e consumir bebidas alcoólicas em excesso, pois isso pode danificar os rins.

 

8. Evitar exposição a substâncias tóxicas, como o mercúrio, o chumbo e o cádmio, que podem causar danos renais.

 

9. Ter atenção às infecções do trato urinário e tratá-las de forma adequada, pois elas podem evoluir para doenças renais crônicas.

 

Existem diversos fatores que podem aumentar o risco de desenvolver doenças renais crônicas, como a hipertensão arterial, o diabetes, o uso de medicamentos nefrotóxicos, ou a presença de doenças genéticas. Além disso, o envelhecimento também pode aumentar o risco de desenvolver essas doenças.

 

Estamos trazendo em breve para o Brasil uma novidade chamada LiberDi, que já está literalmente libertando centenas de milhares de pessoas que recebem diálise renal e transferindo os pacientes de clínicas e hospitais para cuidados domiciliares mais baratos e seguros.

 

A LiberDi é uma clínica digital de diálise que permite ao paciente realizar o tratamento de diálise de forma portátil e segura, o inovador é que o paciente pode realizar o tratamento em qualquer lugar, de forma fácil e rápida e ainda acessar todos os recursos de uma clínica, inclusive as taxas de creatinina que identificam a sua saúde renal.

 

Para compartilhar esse artigo:

Facebook
Twitter
LinkedIn

Quer saber mais sobre essas e outras novidades tecnológicas que estamos trazendo para o Brasil?

 

Saiba mais sobre o LiberDi.

 

Inscreva-se em nossa newsletter para se manter informado.

 

Por: Letícia Watanabe e Lian Pessoa

Seraphinite AcceleratorOptimized by Seraphinite Accelerator
Turns on site high speed to be attractive for people and search engines.