...

O CÂNCER DE PRÓSTATA É O SEGUNDO MAIS COMUM ENTRE OS HOMENS

Você sabia que o Câncer de Próstata é o segundo câncer mais comum entre os homens?

5 minutos de tempo de leitura

Os homens vivem, em média, 7 anos a menos que as mulheres no Brasil, sabia?

 

Sim, essa informação foi concedida segundo a estimativa de vida calculada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

 

Existem algumas coisas que os homens não gostam, e se sentir frágil ou vulnerável pode ser algumas delas. Esses sentimentos têm motivos e muito fundamento cultural, no entanto, se tratando de saúde, nós podemos rever alguns conceitos para dar um novo sentimento ao se permitir ser cuidado.

 

Devido a essa fama desenvolvida sobre o fator: ficar doente, ir ao médico e exame de rotina, muitas vezes nem passa pela mente da maioria da população masculina.

 

Esse fator impacta diretamente na descoberta tardia de doenças graves e dificulta o tratamento e consequentemente a cura.

 

A campanha Novembro Azul alerta para a importância do cuidado com a saúde e do rastreamento do câncer de próstata, fundamental para interromper e prevenir doenças.

 

O câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens, ficando atrás somente do câncer de pele. 

 

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), é o sexto tipo mais comum no mundo, representando cerca de 10% do total de cânceres em homens.

 

Cerca de 20% dos pacientes com câncer de próstata são diagnosticados através do exame de toque retal, mas, como acabamos de contar, muitos deixam de realizar o acompanhamento e até mesmo rejeitam falar sobre o assunto, devido a más crenças e vergonha, sendo totalmente desnecessário se comparado com a importância de manter a saúde equilibrada.

 

O fato é, o exame de toque retal pode salvar vidas e leva apenas alguns segundos para identificar a saúde da glândula.

 

A Campanha foca no Câncer de Próstata, mas abre espaço para o autocuidado do corpo e da mente na totalidade, além de alertar sobre a importância de realizar um acompanhamento para um check up anual, e para transmitir essa informação às novas gerações, que não precisam encarar situações de saúde com a mesma mentalidade e sentimentos.

 

Ter um acompanhamento médico periódico é importante para acompanhar índices de saúde e diagnosticar doenças antes que se tornem graves.

 

Um dos problemas facilmente diagnosticados em um exame de sangue simples, é o colesterol e o alto nível de açúcar no sangue, que quando identificado precocemente é possível tomar medidas médicas e controlar a situação antes que ela se agrave.

 

Muitas vezes a visita ao consultório do urologista é a porta de entrada do homem no sistema de saúde. Não raro, são diagnosticados casos de hipertensão arterial, diabetes ou outras doenças com alta prevalência e então são encaminhados aos especialistas.

 

Ao contrário das meninas que são geralmente levadas ao ginecologista quando chegam na adolescência, os meninos não são encaminhados para nenhum médico especialista e costumam deixar de fazer acompanhamento.

 

Além das diversas alterações do próprio corpo, ainda podem somatizar as muitas dúvidas que possuem, portanto, em casa ou na escola, é preciso abrir espaço para conversas e direcionamentos para cuidado íntimo, prevenção e qualidade de vida.

 

O urologista é importante para os homens assim como o ginecologista é para as mulheres, desde a adolescência, pois algumas doenças são desenvolvidas nessa idade, mas vão gerar problemas apenas no futuro, além disso, ao cuidar dos exames feitos nessas especialidades é possível avaliar a saúde de modo geral.

 

Separamos uma lista com um check-up anual de saúde, que você já pode usar para marcar seus exames:

 

– Hemograma completo;

– Glicemia em jejum;

– Perfil lipídico;

– Urina tipo I,

– Teste do antígeno prostático específico (PSA), após os 40 anos.

 

Alguns maus hábitos alimentares e dietas que dependem fortemente de gorduras e proteínas animais podem causar danos ao DNA e também levar ao câncer.

 

Você sabia que homens de países ocidentais têm taxas muito mais altas de câncer de próstata do que homens da Ásia?

 

Embora ninguém explique definitivamente esse fenômeno, os especialistas suspeitam que as diferenças nas dietas orientais e ocidentais sejam os grandes diferenciais entre as culturas.

 

Mesmo os homens que já estão em maior risco devido à idade, raça ou genética conseguem diminuir suas chances de desenvolver câncer de próstata adotando um estilo de vida mais equilibrado e saudável.

 

Os cuidados que possibilitam chegar na terceira idade de forma saudável incluem a alimentação, a prática regular de exercícios físicos, evitar a ingestão de álcool ou o uso do tabaco. Além de beber muita água todos os dias e usar preservativo para prevenir a ocorrência de outros problemas urológicos.

 

Quando antes um tumor for diagnosticado, melhor serão suas chances de tratamento e cura.

 

Em breve teremos o IceCure, que através da crioablação por Nitrogênio Líquido, é uma opção alternativa ou complementar de tratamento para diversos tumores em estágio inicial I e II.

 

Você pode cooperar com a campanha, se cuidando e compartilhando informações importantes com a sua rede!

 

Para compartilhar esse artigo:

Facebook
Twitter
LinkedIn

Quer saber mais sobre essa inovação? Inscreva-se em nossa newsletter para se manter informado e saber mais sobre Futuro dos tratamentos da KTR Medical.

 

Saiba mais sobre a Campanha Novembro Azul, mês mundial  ao combate ao Câncer de Próstata.

 

 

FONTES: 
INCA
Biblioteca Virtual em Saúde
Oncoguia

Centro de Oncologia

Por: Letícia Watanabe e Lian Pessoa

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Seraphinite AcceleratorOptimized by Seraphinite Accelerator
Turns on site high speed to be attractive for people and search engines.